Uma chave que não abre a porta levou a um interessante conceito no mercado de segurança como resultado da inversão do uso de chaves.

Essa ideia levou ao desenvolvimento de uma chave que somente abre a porta se a fechadura estiver trancada com uma única volta. Isso permite que se deixe uma cópia da chave com a faxineira, por exemplo, que poderá entrar durante o dia, ao longo da semana. À noite e em fins de semana o proprietário da casa tranca a porta com duas voltas, e, assim, somente ele entra ou sai.

Um livro que não pode ser lido. Estantes precisam de livros e, há algum tempo, eles são usados por muitos apenas como objetivos de decoração. Assim, um novo conceito foi inaugurado: livros que só têm a capa e cuja única finalidade é embelezar as prateleiras das casas. O produto consiste em caixas ocas que imitam lombadas de aparência luxuosa. Há, até mesmo, imitações de coleções de dez ou mais livros juntos. Novos usos também estão sendo feitos desse produto, como servir de esconderijo de objetos de valor.

Uma motocicleta que não pode ser estacionada levou a Honda a desenvolver o modelo Caixa: uma pequena motocicleta urbana que pode ser dobrada e encaixada em um contêiner de 17x 80 centímetros.

NOVAS OPORTUNIDADES…

Uma técnica poderosa para identificar usuários ou compradores potenciais é pensar nas barreiras para comprar ou usar o produto. A remoção desses impedimentos pode levar a novos consumidores e também a novas vendas. Veja esses exemplos:

Parques de Diversões: desenvolveram a ideia de oferecer esses locais em dias de semana, durante o inverno (quando a frequência é baixa), para empresas que queiram organizar conferencias de vendas. Após o evento, os participantes podem confraternizar e se divertir gratuitamente no parque. Um importante negócio adicional foi criado.

Aspirina: a Bayer tem enfrentado um número muito grande de concorrentes no mercado de analgésicos. A empresa resolveu anunciar na televisão que a aspirina, além de ser um eficiente analgésico, também é ótima para prevenir infarto. O comercial mencionava que basta um comprimido por dia para esse fim. A nova utilidade está acrescentando volume de vendas e fidelidade à marca.

Café: o café é normalmente consumido pela manhã. Muita gente gosta de consumi-lo à noite, mas mesmo o tipo sem cafeína os impede de dormir. Poderia haver uma oportunidade clara para café “para antes de dormir”, que não afete o sono.

Existem ainda muitas oportunidades de negócios esperando para serem criadas e desenvolvidas. Pode ser você o dono dessa nova ideia, dessa nova empresa e de todos os lucros!

 

Prof. Menegatti é ADMINISTRADOR de empresas com MBA em Gestão Empresarial. Durante 16 anos  foi DIRETOR de uma rede de varejo. Foi PRESIDENTE da Associação Catarinense de Supermercados,  o 4º maior PIB do setor no Brasil. Atuou como PROFESSOR em cursos de graduação e
pós-graduação nas cadeiras de Administração de  Serviços e Gestão do Capital Humano. Por mais de dois anos foi COMENTARISTA do programa  Momento Profissional veiculado em mais de 100 emissoras de rádio pela Rede de Notícias  ACAERT – Associação Catarinense de Rádio e Televisão.

O Professor Menegatti é um Palestrante com Conteúdo, possui um trabalho incrível como palestrante, que você pode conferir no seu site pessoal e também em seu perfil aqui mesmo em nosso site!

www.palestrante.srv.br

Contato: (41) 3342.9562 (41) 99942.5550